Cooperativismo Catarinense

ARTIGO

A importância dos postos de atendimento para o propósito da VIACREDI

No primeiro semestre de 2021, a Viacredi abriu seis novos postos de atendimento. O mais recente endereço foi entregue a comunidade de Botuverá (SC). E até dezembro, a previsão é que sejam inauguradas mais duas unidades, sendo uma em Curitiba (PR), na qual chegaremos à quarta estrutura. Além disso, fizemos mudanças significativas em cinco endereços para que os cooperados tenham mais conforto e acessibilidade na hora de realizar suas operações. Este ano, em plena pandemia, atingimos uma marca que nos orgulha muito: ultrapassamos os cem postos de atendimento. 

O que, para o mercado, parece ser um contramovimento, para a Viacredi é o cerne do negócio: estar perto das pessoas, entender suas demandas para poder contribuir com o desenvolvimento local e realizar sonhos. Viemos percebendo que a expansão para o meio digital deve complementar a atuação presencial, para proporcionar uma experiência mais ágil e que seja conveniente para os cooperados, com segurança, comodidade e proximidade. 

Em muitas organizações, o presencial e o digital são compreendidos como forças opostas, dissonantes. Para a Viacredi são complementares. Ao mesmo passo em que investimos em inovação e atendimento remoto, trabalhamos também para acolher, orientar e ouvir o cooperado presencialmente. Fazemos isso porque acreditamos no desenvolvimento da cidadania financeira para todas as pessoas – inclusive aquelas que não têm acesso as ferramentas digitais como uma prática comum. 

O cooperativismo está chegando cada vez mais longe e a novos locais. Em muitos, de forma inédita e proporcionando uma nova possibilidade de relacionamento com instituições financeiras para a população. Mesmo nas regiões onde há mais oportunidades de acesso presencial e o hábito do uso do digital está mais disseminado, estamos expandindo a rede de atendimento presencial. Entendemos que receber o cooperado, acolher o seu momento de vida, ser a ponte para soluções que o permitam planejar o futuro ou melhorar o presente são formas importantes de acompanhar o que a comunidade local pensa, precisa e deseja. 

É por isso que investimos e seguiremos investindo em estruturas físicas de atendimento alinhadas com a contemporaneidade, com um time orientado a apoiar o cooperado e solucionar suas dúvidas. Por que entendemos que o papel dos postos de atendimento não é burocrático. É social. Está conectado com ouvir, servir e compreender.  

Nesta experiência híbrida, quem ganha é o cooperado. É ele que terá ferramentas digitais pensadas a partir do que ouvimos e aprendemos no atendimento presencial e, ao ir a um posto de atendimento, uma estrutura dinâmica e que evolui seus processos por meio das inovações que o ambiente online permite. Assim, construímos uma cooperativa que acreditamos e que transforma a vida das pessoas.

Marcelo Cestari
Diretor de operações da Viacredi

Crédito: Divulgação