Cooperativismo Catarinense

COMÉRCIO

Em meio aos desafios econômicos, Black Friday se torna estratégia para fortalecer comércios locais

Atendimento próximo e incentivo ao desenvolvimento dos pequenos negócios são benefícios de quem escolhe comprar localmente

A Black Friday, que neste ano será no dia 26 de novembro, é uma data aguardada por muitas pessoas que esperam para comprar aquele item tão desejado com um preço menor. Durante todo o mês, surgem ofertas de compra por todos os lados. Por isso, antes do grande dia, é preciso estar atento para comprar de forma consciente. O principal cuidado é fazer um levantamento de produtos essenciais, além de um comparativo de preços, para não achar que se está comprando algo mais em conta enquanto, na verdade, a oferta sempre teve aquele valor.

Este é, também, o momento de olhar para questões que vão além do melhor preço. Nesta data, vale ficar atento ao fornecedor – seja uma loja física ou online. Uma boa opção, conforme explica Zenilde Osório, diretora de Operações da Acredicoop, cooperativa integrante do Sistema Ailos, é procurar fazer compras no comércio local.

“Além de receber um atendimento próximo, de um estabelecimento que você pode conhecer pessoalmente, comprar do comércio local ajuda a manter o dinheiro na comunidade em que vivemos. Isso gera um círculo virtuoso que estimula a geração de emprego, de renda e de impostos, que contribuem com o desenvolvimento sustentável da sua localidade e a criação de um futuro com mais equidade e oportunidade para todos”

, explica.

Os comerciantes locais, é claro, já se preparam para a data com promoções atrativas para conquistar os clientes. A competição com grandes lojas, às vezes, passa a ser uma dificuldade. Mas a Pesquisa de Consumo de Ferramentas Digitais, produzida pelo Facebook em parceria com a Deloitte e divulgada em 2020, revela que 73% dos consumidores pesquisados no Brasil relataram que começaram a comprar de novos pequenos negócios (do seu ou de outros bairros) desde o início da pandemia. Dentre eles, pelo menos 48% indicam que foram motivados a comprar de negócios locais pela preocupação com a sobrevivência dos negócios e de suas próprias comunidades.

“A Black Friday se tornou uma estratégia para todas as empresas, on e offline. Por isso, nesta data, assim como em outras, nosso pedido é que invistam no comércio próximo à sua casa, porque mais do que oferecer produtos e serviços, esses negócios estão sempre atentos às necessidades das comunidades em que estão inseridos. Esse movimento cooperativo, em que as pessoas compram de um comércio local e esse negócio corresponde às expectativas delas, estimula o desenvolvimento econômico, e torna a nossa sociedade um lugar melhor para todos”

, comenta Claudinei Franzen, gerente de uma das filiais da Rede Cooper em Santa Catarina.

O Ailos possui várias formas de incentivar o comércio local, e uma delas é o Ailos Aproxima, uma plataforma online que apoia os cooperados do Sistema na divulgação e comercialização dos seus produtos e serviços.

“Para vender ou comprar basta acessar ailosaproxima.com.br. Este marketplace regional oferece opções de compra que fortalecem a economia local e vale ressaltar que para comprar através do aplicativo, não precisa ser cooperado. Portando, quando for fazer suas compras, tanto de forma online ou nas lojas físicas, vale a pena conferir os comércios próximos, nos quais você confia, conhece o trabalho e sabe que o produto que receberá será de qualidade”

, finaliza Zenilde.

Sobre o Ailos
Constituído em 2002, o Ailos é um Sistema de Cooperativas de Crédito e conta com mais de 1,1 milhão de cooperados, uma cooperativa central, 13 cooperativas singulares e uma corretora de seguros, mais de 240 postos de atendimento e mais de R$ 13 bilhões em ativos. Com atuação nos três estados do Sul do país, possui cerca de 4 mil colaboradores, contribuindo com o crescimento sustentável e desenvolvimento social das comunidades onde atua. As cooperativas singulares que compõem o Ailos são: Acentra, Acredicoop, Civia, Credcrea, Credelesc, Credicomin, Credifoz, Crevisc, Evolua, Transpocred, Únilos, Viacredi e Viacredi Alto Vale.

Fonte: Oficina das Palavras