Cooperativismo Catarinense

CONQUISTA

SICOOB CREDIAUC alcança a marca de R$ 2 bilhões em ativos

Feito conquistado em janeiro coloca a Cooperativa entre as maiores do estado no quesito

O Sicoob Crediauc alcançou no mês de janeiro a marca de R$ 2 Bi em ativos que em linhas gerais é o conjunto de recursos financeiros e econômicos que são administrados pela organização, como por exemplo: o patrimônio social, patrimônio líquido, empréstimos e financiamentos, cota capital, aplicações, investimentos, entre outros. O número demonstra o crescimento da cooperativa que completou 37 anos de fundação em novembro de 2021 e é composta por 26 agências (25 físicas e uma digital) distribuídas nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O presidente do Sicoob Crediauc, Paulo Renato Camillo entende que o feito coloca a instituição em um seleto grupo de cooperativas.

“Estamos entre as três maiores do estado nesse quesito e atribuímos o resultado ao empenho dos nossos gestores, ao trabalho realizado pelos colaboradores e principalmente, a confiança e participação efetiva dos nossos cooperados, uma vez que, a principal base desses ativos são os investimentos e as aplicações por eles realizados, diariamente. O número é expressivo e oferece indicativos para que o Sicoob Crediauc alcance o objetivo de, muito em breve, se tornar uma das maiores cooperativas de crédito do sul do país”

, analisa. 

Segundo o presidente, a cifra alcançada representa um novo patamar de oportunidades de negócios, pois a marca ilustra a credibilidade e o potencial da instituição e do cooperativismo como um todo.

“É um desafio gerir dois bilhões de ativos financeiros e, ao mesmo tempo, uma satisfação saber que o associado reconhece a responsabilidade e dedicação com que são conduzidas as ações comerciais, operacionais e administrativas na cooperativa. Sem falar que, a conquista é um estímulo ao desenvolvimento regional, uma vez que os valores captados movimentam exclusivamente a economia da região onde atuamos”

, completou Camillo.

O presidente entende ainda que o bom momento vivenciado encontra ressonância no formato de gestão que, segundo ele, está calcado na essência que move o cooperativismo.

“Mais do que possibilitar retorno financeiro para seus associados e comunidades onde está inserida, a cooperativa também amplia de forma equivalente sua contribuição para o desenvolvimento social reforçando seu compromisso com a sustentabilidade do seu modelo de negócio, por meio de projetos e iniciativas alinhadas com o seu propósito que é o de promover a justiça financeira e prosperidade para todos que estiverem ao seu entorno”

, finalizou o gestor.

Fonte: Sicoob Crediauc – Assessoria de Comunicação