Cooperativismo Catarinense

CONQUISTA

COOPERJA conquista selo Seed Solutions da Basf de qualidade de sementes de arroz

A Cooperja é referência no Brasil em produção de sementes de arroz e recentemente iniciou a produção de sementes de soja, possui duas unidades modernas de beneficiamento de sementes (UBS), e realiza o tratamento de sementes industrial (TSI). A Basf é parceira da Cooperja, e no tratamento de sementes possui receitas e soluções específicas para a cultura do arroz e da soja.

Com o objetivo de qualificar o tratamento de sementes industrial de seus parceiros a BASF lançou o selo Seed Solutions, um serviço que verifica e atesta a excelência no tratamento realizado por suas empresas parceiras. Para conquistar a certificação, as sementes tratadas passam por uma extensa análise, composta de testes físicos, químicos e visuais.

O Gerente da UBS da Cooperja, Celito Mezzari juntamente com Assistente Técnico em Sementes Bruno Cechinel estiveram no dia 07 e 08 de julho em Porto Alegre/RS na Convenção de Licenciados Clearfield 2022, onde receberam o selo SEED Solutions através da empresa BASF de excelência no tratamento de sementes industrial. Dando o título à Cooperja de ser a única cooperativa do Brasil a ter este selo na cultura do arroz.
A cada safra, os produtores vêm optando pelo Tratamento Industrial de Sementes (TSI), com o objetivo de alcançar produtividades maiores em suas lavouras. Sementes tratadas possuem melhores condições de germinação, sendo mais protegidas e aptas a estabelecerem lavouras de alto potencial produtivo. E isso que os profissionais das Unidades de Beneficiamento de Sementes (UBS) da Cooperja, se preocupam em oferecer aos produtores, sementes certificadas de alta qualidade.

“A conquista do selo é o reconhecimento para os associados e produtores, que confiam nas sementes produzidas pela Cooperja e tratamento de sementes industrial. São poucas empresas no Brasil que possuem o selo de excelência em tratamento de sementes na cultura do arroz, e estar nesse grupo é o reconhecimento de todo o trabalho e dedicação da equipe em produzir as melhores sementes, e poder levar aos produtores o que há de melhor no campo, em sementes e tecnologia”

, agradece o Gerente da UBS Célito Mezzari.

Para conquistar o selo Seed Solutions as amostras de sementes passam por vários testes e análises como:

 

  • EMISSÃO DE POEIRA: o teste é feito para quantificar o desprendimento das partículas no período de armazenamento, transporte e comercialização, o que permite escolher polímeros seletivos, de melhor qualidade, com alta aderência no uso do recobrimento das sementes.
  •  FLUIDEZ: é um importante indicativo da eficiência da semeadura, parâmetro que influi diretamente na plantabilidade.  A fluidez melhora o fluxo da semente na semeadora, reduz o número de falhas e duplas e consequentemente beneficia o estabelecimento da cultura no campo.
  • PLANTABILIDADE: Para avaliar a qualidade da deposição, aplica-se o teste de plantabilidade, que quantifica a uniformidade da distribuição das sementes pelo número de falhas e plantas duplas na lavoura. As lavouras de alta produtividade são sempre aquelas com as melhores taxas de semeadura. 
  • HPLC: busca identificar a assertividade de dosagem de ativos, possíveis desvios, garantindo a adequada porcentagem do ingrediente ativo por amostra tratada.
  • TESTE VISUAL: Realizado com equipamento GroundEye®, que detecta informações como a coloração das sementes e as porcentagens do produto incorporado na amostra analisada de sementes.

Fonte: Comunicação Cooperja