Cooperativismo Catarinense

Organizações / federações

          Criada em 1971, a Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina – Ocesc é a instituição máxima do cooperativismo catarinense. Desde então, a Ocesc representa o Sistema Cooperativo Catarinense, reunindo todos os ramos das atividades cooperativistas.
            A entidade tem como objetivos a divulgação da doutrina cooperativista; o fomento e a criação de novas cooperativas; o estímulo ao fortalecimento do sistema de representação do cooperativismo; a assistência geral ao cooperativismo; a prestação de serviços de ordem técnica, em nível de direção, funcionários e associados às cooperativas filiadas; a promoção de congresso, encontros, seminários e ciclos de estudo; e a integração com as entidades congêneres das demais unidades da Federação.
          A Ocesc é uma reconhecida força sindical, com representatividade, vez e voz, que também leva os anseios das cooperativas e cooperados a diversas esferas do poder público, entidades federativas e associativas, com credibilidade incontestável junto às instituições nacionais e internacionais.

          O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo – Sescoop é a entidade que prioriza a formação profissional, a gestão e a promoção social dos cooperados e das cooperativas. Promove o desenvolvimento do cooperativismo de forma integrada e sustentável, respeitando sua diversidade, contribuindo para sua competitividade e melhorando a qualidade de vida dos cooperados, empregados e familiares.
          Entre os seus objetivos, estão a organização, a administração e a execução do ensino de formação profissional, a promoção social dos empregados de cooperativas, cooperados e de seus familiares, e o monitoramento das cooperativas no Estado de Santa Catarina; a operacionalização, o monitoramento, a supervisão, a auditoria e o controle em cooperativas, conforme determina a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB); assistir às sociedades cooperativas empregadoras na elaboração e execução de programas de treinamento e na realização da aprendizagem metódica e contínua; colaborar com o poder público em assuntos relacionados à formação profissional, à gestão cooperativista e outras atividades correlatas; divulgar a doutrina e a filosofia cooperativista como forma de desenvolvimento integral das pessoas; promover e
realizar estudos, pesquisas e projetos relacionados ao desenvolvimento humano, ao monitoramento, à promoção social, de acordo com os interesses das sociedades cooperativas e de seus integrantes.

          A Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado de Santa Catarina – Fecoagro tem como vocação e origem a prestação de serviços na área de comercialização da produção agrícola e nas compras dos principais insumos e produtos de abastecimento distribuídos pelas filiadas aos seus associados.
          No setor de produção, a Fecoagro presta assessoria comercial e informações dos mercados de grãos, repassando dados atualizados às cooperativas.
          Promove o fortalecimento das cooperativas filiadas e seus associados com produtos e serviços de qualidade, proporcionando rentabilidade e competitividade no mercado em que atua.

          A Federação das Cooperativas de Energia e Desenvolvimento Rural de Santa Catarina – Fecoerusc beneficia, com energia elétrica, mais de 200 mil propriedades catarinenses, atendendo a uma população de cerca de 650 mil usuários.
          As 22 cooperativas filiadas à Federação são responsáveis pela operação e manutenção de cerca de 22 mil quilômetros de redes. Elas projetam, constroem e mantêm o sistema elétrico em suas respectivas áreas de ação.
         Graças ao trabalho das cooperativas de energia integradas com a Fecoerusc, são garantidos o fornecimento, a manutenção e a qualidade da energia elétrica em suas áreas de atuação.
       Como atividades complementares, operam no setor Comercial com a venda de eletrodomésticos, materiais de construção e instalações; e no setor Industrial, com a produção de artefatos de cimento para galpões, ginásios, postes, cruzetas, etc. Algumas cooperativas ainda realizam outras atividades como captação de água, irrigação e na área agrícola, transformando-se em Cooperativas Mistas.