Cooperativismo Catarinense

HOMENAGEM

COOPERJA homenageia Joaquim Coelho e famílias fundadoras

A Cooperja foi construída por pessoas que nunca deixaram de acreditar na cooperação. Que enfrentaram desafios desde os primeiros anos de existência da Cooperativa, e que só sobreviveu e cresceu graças à persistência, à coragem e à força de vontade de seus idealizadores.

Para deixar registrado, toda esta rica história de superação e cooperação a Cooperja construiu um espaço para homenagear as primeiras famílias fundadoras, e o busto do engenheiro agrônomo Joaquim Pedro Coelho, idealizador e incentivador na criação da Cooperativa. A obra é composta por um quadro dos nomes das famílias que iniciaram esta história e conta com um busto 0,50 cm de altura, de Joaquim Pedro Coelho, feito de bronze. A homenagem ficará exposta na entrada da Sede Administrativa, em Jacinto Machado, e já chama atenção de quem chega.

Joaquim nasceu no dia 26 de abril de 1941, embora só tenha sido registrado mais de um ano depois. A homenagem foi lançada para o público na segunda-feira (26) data esta que marca o nascimento do fundador, que se estivesse vivo completaria 80 anos.

Segundo o presidente da Cooperja, Vanir Zanatta a ideia de homenagear o ilustre engenheiro, vem de muitos anos a pedido dos próprios associados fundadores.

“Como resgate para que as futuras gerações, conheçam a história da Cooperja, que também já está registrada no livro do cinquentenário”

, destaca.

Devido ao momento de pandemia, a Cooperja não fez nenhuma solenidade.

Fonte: Comunicação Cooperja

Leia as belas ações do Cooperativismo Catarinense!

Assine nossa newsletter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.