Cooperativismo Catarinense

Integracoop

Abertas inscrições para a INTEGRACOOP 2022 em Chapecó

O procedimento se dá pelo site integracoop.cooperalfa.com.br

A 28ª edição do INTEGRACOOP (Encontro do Cooperativismo Catarinense) está confirmada para os dias 11 e 12 de novembro deste ano, em Chapecó, sob coordenação da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (OCESC), apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo de Santa Catarina (SESCOOP/SC) e organização da Cooperalfa, cooperativa anfitriã.

A Cooperalfa anunciou nessa semana que está liberado o site para inscrições das cooperativas, comissões técnicas, atletas e convidados ao evento, que traz como slogan GERANDO CONEXÕES em comemoração aos 55 anos da anfitriã.

Além da programação do INTEGRACOOP 2022, o site apresenta praticidade nas inscrições para  19 modalidades: atletismo, bocha rolada, boliche, canastra, dominó, futebol suíço, futevôlei, futsal, futebol dos presidentes, general, jogos cooperativos (Cooperativismo em Conexão), sinuca, tênis de mesa e de quadra, tiro esportivo, truco, voleibol (quadra), vôlei de areia e xadrez.

O site ainda traz lista de hotéis, bares e restaurantes, locais dos jogos e da abertura (programada para dia 11 de novembro, às 14 horas) e, ainda, os contatos da coordenação.

“Durante os próximos seis meses, atualizações noticiosas serão constantemente alimentadas”

, antecipa o coordenador operacional do evento Alvacir Colet.

A direção da Cooperalfa decidiu que a anfitriã não participará dos jogos este ano, objetivando dar melhor atenção aos convidados.

“Estamos organizando um encontro para atender com carinho e humanismo quem vier a Chapecó. A meta é proporcionar as melhores condições e, especialmente, aproximar ao máximo as pessoas”

, garante o presidente da Cooperalfa Romeo Bet.
Acesse o site integracoop.cooperalfa.com.br

EXPRESSÃO
O presidente do Sistema OCESC/SESCOOP-SC, Luiz Vicente Suzin, realça que a realização do Encontro do Cooperativismo Catarinense (Integracoop) é fator de fortalecimento das relações dentro do universo cooperativista. Desde 1978 – quando o nome era Fecoop – o evento oportuniza a interação geral dos atores desse modelo de associativismo, o que inclui cooperados, dirigentes e funcionários.

“É um recorte de um público formado por 3,5 milhões de famílias catarinenses cooperativadas”

, assinala o dirigente.
Suzin acrescenta que a convivência comunitária por meio do esporte  e a intercooperação estão na essência do cooperativismo.

“O papel da cooperativa vai além da geração de empregos, da produção de riquezas e da busca de resultados para o quadro social. As cooperativas têm uma missão social a cumprir, tão importante quanto a missão econômica: contribuir para o bem-estar da coletividade, além de valorizar o esporte e a cultura”

, conclui.

MB Comunicação Empresarial/Assessoria de Imprensa Cooperalfa