Cooperativismo Catarinense

Rui Schneider da Silva

“O maior aprendizado nesta pandemia é fazer a lição de casa, ou seja, ter uma gestão sólida e preparada para responder de maneira competente aos desafios dos novos tempos e às eventuais crises.”

Rui Schneider da Silva
Presidente do Sicoob SC/RS

Impacto da pandemia. Maior destaque foram os créditos concedidos aos associados

No início, tivemos receio de perda de relacionamento e negócios com os associados, fizemos rapidamente ajustes e desenvolvimento de tecnologia nos nossos canais de autoatendimento que facilitaram os negócios de forma remota, e no decorrer do ano percebemos que os números seriam positivos. E realmente foram. Os ajustes mencionados foram para facilitar o atendimento pelo App Sicoob, então o associado que desejava começar a utilizar o App Sicoob não precisou sair de casa para fazer os procedimentos de segurança, que geralmente são presenciais. Maior destaque foram os créditos concedidos e prorrogações aos associados que nos solicitaram, comprovados pelo crescimento da carteira de crédito ao fim de 2020.

Tivemos ações sociais direcionadas para as classes mais necessitadas
Além da questão da carteira de crédito, com novas concessões e prorrogações, tivemos algumas ações sociais como doação de alimentos, que foram direcionadas para as classes mais necessitadas que perderam sua renda com o isolamento social, e também equipamento e produtos de higiene hospitalar, doados a hospitais e instituições de saúde. Acredito que a velocidade na adaptação, juntamente com a continuidade das liberações de crédito, foi o fato de maior repercussão junto ao cooperado. A Fundação Getúlio Vargas divulgou um estudo em que se comprovou que, enquanto os bancos reduziram seu ritmo, as cooperativas avançaram, chegando a ter 60% a mais de liberações nas propostas recebidas.

Crescemos 37% no crédito, em 2020
No ano de 2020, tivemos um crescimento no Sicoob de 37% no crédito, finalizando o ano com cerca de R$ 12,5 bilhões emprestados aos associados do Sicoob SC/RS. Tivemos algumas liberações de recursos garantidos pelo Governo Federal (Pronampe, Peac e Pese, por exemplo) que somaram cerca de R$ 600 milhões.

A nossa essência e o bom atendimento não perdem valor
As melhorias na tecnologia são um legado, percebemos que a nossa essência e o bom atendimento não perdem seu valor, independente do canal utilizado. Além de o atendimento ao associado ter avançado pelo contato virtual, nossas assembleias de associados, momento em que a governança da cooperativa apresenta os resultados e o desempenho aos sócios, também devem continuar sendo realizadas ou, no mínimo, sendo transmitidas pelas ferramentas virtuais. Esta adaptação permitirá exercer ainda mais a democracia nas decisões, incluindo como serão distribuídos os resultados da cooperativa.

Lições e aprendizados desse período, para o futuro da Cooperativa
O maior aprendizado é fazer a lição de casa, ou seja, ter uma gestão sólida e preparada para responder da maneira competente aos desafios dos novos tempos e às eventuais crises. É atuar sempre de acordo com os princípios do cooperativismo, que constrói uma relação de parceria com os associados, baseada na transparência, na credibilidade e na busca permanente por soluções que atendam às demandas dos cooperados. Investir em tecnologia financeira para diminuir custos, aumentar a segurança e facilitar o dia a dia dos associados. Também é preciso equilibrar as ações voltadas para as novas gerações e para os cooperados com mais idade, que preferem outros canais de atendimento, mais presenciais e menos tecnológicos. É buscar a maior eficiência com a melhor relação entre custo e benefício para os verdadeiros donos da cooperativa, que são os associados. É levar adiante os princípios do cooperativismo, que visam ao desenvolvimento regional, ao apoio às comunidades, à geração de emprego, renda e qualidade de vida nos locais onde atuamos. Tudo isso sem o objetivo de lucro, porque o Sicoob é feito de valores.

Leia as belas ações do Cooperativismo Catarinense!

Assine nossa newsletter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.