Cooperativismo Catarinense

SAUDAÇÃO

MUDANÇA NA SECRETARIA DA AGRICULTURA DE SC

OCESC otimista com Altair na Agricultura

O presidente da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (OCESC), Luiz Vicente Suzin, saudou com otimismo a posse do deputado Altair Silva no comando da Secretaria da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural do Estado, ao mesmo tempo em que classificou como “produtivo, exitoso e de excelentes resultados” o período em que Ricardo de Gouvêa, agora ex-secretário, respondeu pela pasta.

O dirigente está convicto de que haverá “um positivo e intenso relacionamento” entre a Secretaria das Agricultura e a OCESC. Mencionou que o novo secretário tem profundo conhecimento da contribuição que as cooperativas dão a Santa Catarina, seja na produção econômica, na prestação de serviços ou nos programas e ações que fortalecem a economia regional, geram empregos e aumentam a arrecadação tributária.

Explica que

“nosso otimismo é justificável porque o deputado Altair Silva vem atuando em defesa do cooperativismo, da agricultura e do agronegócio há muitos anos. É um líder articulado, afeito ao diálogo, com forte poder de agregação, arguto na compreensão das mais relevantes questões do setor”.

O cooperativismo catarinense lidera o desenvolvimento econômico no campo e na cidade e a expressão do setor é reconhecida nacionalmente: as cooperativas catarinenses congregam quase 3 milhões de pessoas e respondem por mais de 11% do PIB catarinense.

Suzin assinala que a relação entre o Governo catarinense e o sistema cooperativista é, historicamente, marcada pela harmonia e pela convergência de ações em favor da coletividade – “e vai continuar assim”.

Lembra que em 2016 foi regulamentada a Política Estadual de Apoio ao Cooperativismo (PEAC), criada por lei estadual. Essa política consiste no conjunto de diretrizes e regras voltadas para o incentivo a todos os ramos cooperativistas e ao seu desenvolvimento no Estado. A lei determina que, em linhas gerais, incumbe os órgãos e entidades da administração direta e indireta do Estado, no âmbito de suas respectivas competências, dar provimento de forma integrada às ações de apoio ao cooperativismo.

O presidente da OCESC enfatiza que à Secretaria de Estado da Agricultura cabe a coordenação geral das atividades que compreendem, entre outras, a formulação de políticas públicas visando promover o desenvolvimento cooperativista, por meio da sua Diretoria de Cooperativismo e Agronegócios e suas Gerências.

Fonte: MB Comunicação

Leia as belas ações do Cooperativismo Catarinense!

Assine nossa newsletter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.