Cooperativismo Catarinense

SONHOS

4 passos para poupar e tirar os projetos do papel ainda em 2021

Segundo especialista do AILOS, aprender a administrar as finanças pessoais é o segredo para conseguir realizar sonhos até o fim do ano

Chegado o segundo semestre, muita gente tem a sensação de que o tempo passou rápido demais e não conseguiu colocar o que queria em prática. Aliado a isso, o custo de vida ficou 4,57% mais caro no último ano, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Como, então, poupar dinheiro para tirar os projetos do papel ainda em 2021? 

“O segredo é aprender a administrar as finanças pessoais”

, diz o especialista em gestão de finanças do Sistema Ailos, Diogo Anderson Angioleti. Para ajudar, ele separou algumas dicas para que você mude sua relação com o dinheiro e termine o ano com algumas conquistas a mais no bolso. Confira:

01-Organização
Os meses passados serviram para aprendizado. Foque no futuro! Mapeie todos os ganhos e os gastos da sua família, incluindo prestações que você possa ter para o resto desse ano e até para o próximo. Registre tudo em uma planilha, aplicativo ou até em um caderno de anotações. Agrupe os tipos de gastos por semelhança, por exemplo: energia e água são do grupo “Habitação”. Assim fica mais fácil saber para onde está indo o seu dinheiro. Por último, faça uma análise e parta para a ação, avalie o que é desnecessário e afasta você de seu sonho. 

01-Disciplina
Analise sua planilha de gastos. Se há algo supérfluo, itens que estão ali e facilmente podem ser substituídos e até eliminados. Seja claro e objetivo, e então estabeleça uma meta do que quer fazer até o fim do ano – seja um passeio, a troca de um eletrodoméstico ou a realização de qualquer outro sonho. Tenha clareza sobre o que quer, e faça metas possíveis de medir e acompanhar. Coloque um nome no seu investimento, por exemplo, “viagem com a família”. Poupar tendo um objetivo em mente nos ajuda a ter mais compromisso. 

01-Conscientização
Um dos seus objetivos pode ser “sair do vermelho esse ano”, se você já está com dificuldades de pagar suas dívidas, gastando mais do que ganha, é preciso se conscientizar e agir. Mapeie as contas e priorize as que têm juros. Também avalie quais são mais fáceis de renegociar, garantindo mais tempo para quitá-las. Em último caso, é possível buscar crédito, porém, é preciso ter muito cuidado, já que com ele sua dívida não desaparece, ela apenas passa para outro local e é parcelada. Ao escolher essa opção, observe se a taxa de juros é menor que a taxa das dívidas atuais. Um bom exemplo disso é o crédito pessoal para pagar o crédito rotativo do cartão ou o cheque especial, por exemplo, que costumam ter os juros mais altos em qualquer instituição financeira. Acima de tudo, não faça novas dívidas desnecessárias, lembre-se que é uma fase e você vai vencer. Considere fazer rendas extras se necessário ou vender alguma coisa que está “sobrando” em casa. O ideal mesmo é ter uma reserva financeira para não passar por estes momentos de dificuldade. 

01-Investimento
Por último, entenda que poupar e investir são duas coisas diferentes. Poupar é quando você gasta menos e guarda o dinheiro que sobrou naquele mês. Já investir é escolher um produto financeiro que mais se adeque ao seu perfil para gerar rentabilidade. Decida quanto vai investir, não menospreze o pouco que tiver e busque cultivar o hábito de sempre guardar algum dinheiro. Faça isso não com o que “sobra” – estabeleça um valor mensal e considere esse como sendo um

“boleto para você”

, para ter um futuro mais tranquilo. 

Para escolher bem seu investimento, além de entender o seu perfil, observe três fatores. O primeiro é a pressa para usar o dinheiro, se ele estará disponível no tempo que precisa resgatar. Depois, veja se o tipo de investimento tem a possibilidade de ter perdas, como a bolsa de valores, por exemplo. Por fim, avalie qual é o rendimento que você espera receber. Lembre-se que grandes ganhos têm maiores riscos, por isso não vá na onda do momento, seja prudente. Diversifique! Não coloque todos os ovos numa cesta só, busque opções diferentes e lembre que investir é o ganho pela paciência e organização financeira. Comemore e aproveite o caminho, não espere só o final para fazer conferências. Estipule etapas de acompanhamento dos seus projetos de vida e ajuste-os à sua realidade. Ao ver o objetivo se transformando em realidade ainda em 2021, certamente você manterá esse compromisso no ano que vem. 

Sobre o Ailos
Constituído em 2002, o Ailos é um Sistema de Cooperativas de Crédito e conta com mais de 1 milhão de cooperados, uma cooperativa central, 13 cooperativas singulares, mais de 200 postos de atendimento e mais de R$ 12 bilhões em ativos. Com atuação nos três estados do Sul do país, possui cerca de 4 mil colaboradores, contribuindo e promovendo o crescimento sustentável e desenvolvimento social das comunidades onde atua. As cooperativas singulares que compõem o Ailos são: Acentra, Acredicoop, Civia, Credcrea, Credelesc, Credicomin, Credifoz, Crevisc, Evolua, Transpocred, Únilos, Viacredi e Viacredi Alto Vale.

Fonte: Oficina das Palavras