Cooperativismo Catarinense

TEMA

Lifelong Learning como ferramenta profissional foi tema de Workshop do SESCOOP/SC

Traduzido para o português, lifelong learning significa algo como “aprendizado ao longo da vida ou para toda a vida”. Na prática, o lifelong learning pressupõe que nunca é cedo ou tarde demais para aprender algo novo. Nesse sentido, o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado de Santa Catarina (SESCOOP/SC) realizou, na última semana, o workshop on-line “Lifelong Learning (aprendizado para toda a vida), uma reflexão para a carreira profissional”, cujo objetivo foi sensibilizar os participantes para o uso de estratégias de aprendizagem contínua.

A professora Cyndia Bressan, psicóloga, licenciada em psicologia, palestrante, escritora e mentora de executivos, conduziu a apresentação.

“Como cada pessoa aprende”? Esta foi a reflexão inicial proposta por Cyndia.

Segundo ela, cada indivíduo tem uma forma particular e diferenciada de aprendizado e esse é, justamente, o grande desafio do novo modelo de aprendizagem, que propõe várias reflexões diferenciadas.

“Devemos refletir como aprender e lançar um novo olhar sobre a forma de aprender e ensinar”

, destacou.

Cyndia revelou “que o verdadeiro conhecimento é aquele que se coloca em prática e não o que se retém”.

Ela afirma que o protagonismo ou autodirecionamento devem fazer parte da cultura de aprendizagem da empresa.

“Fazer o colaborador acreditar na sua capacidade de conduzir sua própria trilha de autoaprendizagem, planejando metas, estruturando o método, tornando-os responsáveis pelo seu aprendizado. Quando a gente conhece nosso estilo de aprendizado conseguimos escaloná-lo”

, salientou.

Cyndia orientou sobre os três tipos de aprendizagem existentes, segundo a neurociência: visual, o auditivo e o sinestésico (em grupo). Para ela, experiências diversificadas de aprendizagem contribuem para a construção do conhecimento.

“Tudo que aprendemos, internalizamos e fica registrado na nossa mente. Para a neurociência nunca esquecemos o que aprendemos”

, finalizou.

Texto: Assessoria de Comunicação Interna do Sistema OCESC