Cooperativismo Catarinense

visita

Filhos de Funcionários visitam o SICOOB CREDIAUC

Ação fez parte da programação da cooperativa para o Dia das Criança

Proporcionar que os filhos visitassem papais e mamães em seus ambientes de trabalho, foi a forma escolhida pela direção do Sicoob Crediauc para que o Dia das Crianças 2021 fosse lembrado em grande estilo. Um encontro de pais e filhos foi organizado pelo setor de Gestão de Pessoas em todas as agências da cooperativa no dia 11 de outubro, véspera da data que tradicionalmente se comemora a efeméride.

O evento foi marcado por muita alegria, pelo consumo de doces e guloseimas e pela curiosidade. Os “pequenos” queriam saber mais detalhes sobre o trabalho dos pais. Alguns até tiveram a experiência lúdica de vivenciar a rotina dos adultos, simulando os afazeres de cada um em suas respectivas salas e mesas.
A gerente de Gestão de Pessoas, Kelly Meneghetti, ao atender a solicitação do Conselho de Administração, viu na ação sugerida também uma oportunidade de aprendizado.

“O contato dos filhos com os pais mostra na prática esse elo existente da engrenagem que move a cooperativa e, ao mesmo tempo, gera a subsistência das famílias com o resultado do trabalho de cada um”

, disse a gerente. 

Para o presidente do Sicoob Crediauc, Paulo Renato Camillo, a ação trouxe extrema alegria não só para os “homenageados”, mas, sobretudo, para os pais.

“Era nítida a emoção dos colaboradores ao receber os filhos em seus locais de trabalho. Ouvimos muitos feedbacks elogiando a atitude e sugerindo mais atividades extras que envolvam a família”

, comentou Camillo.

O mandatário fez questão de frisar que, desde quando assumiu o comando da instituição, vem conversando com os demais gestores no sentido de humanizar cada vez mais o relacionamento, seja externamente no dia a dia com o cooperado, bem como, internamente com os colaboradores.

“Entendemos que a cooperação não se sustenta apenas por negócios e resultados. As pessoas formam a base da nossa atividade, elas são o nosso maior patrimônio, daí, a necessidade de olhar para essa questão com maior critério e apreço pela vida humana”

, finalizou o dirigente.   

Fonte: Assessoria de Comunicação – Sicoob Crediauc